EWALD KOCH

EWALD KOCH
Eu não gosto da ideia de envelhecer, porém adoro a ideia de ser um velho realizado... Não gosto de gostar muito de alguém, porém adoro saber que existem pessoas que me fazem perder o rumo, o chão... Tenho medo dos sentimentos fortes, do escuro, espíritos, falsidades e a solidão. Gosto do meu eu, do meu interior... Assusta-me alguém imprevisível, mas me comove ser surpreendido... Posso ser sal ou açúcar, mel ou pimenta, água ou vinho, tudo depende do outro lado... Divirto-me muito, me irrito com pouco... Observo muito, falo muito ou falo pouco, escrevo bastante e às vezes não escrevo nada... Se estou certo sai de perto... Se estou errado, corrijo-me... Sou fechado a ponto de não querer saber, porém posso ser sua salvação... O modo com que se abre o presente define se pode ser embrulhado novamente ou não... O presente pode ser você ou pode me ganhar para sempre... Idolatro meus amigos, sou muito amigo ou seu pior inimigo... Gosto do azul, do branco, do verde, do amarelo e do vermelho... Não gosto da ausência do brilho... Apaixono-me e me entrego ou você nem vai saber que foi meu amor por um determinado tempo... Adoro explicações, detalhes, piadas, carros, mulher inteligente, sorvete e refrigerante... Incomoda-me o fato das pessoas se afastarem, não me conformo com o fato de ter que perder alguém que amo e não saber quando vou vê-la novamente... Gosto de saber o que os outros pensam,, fico feliz com a felicidade alheia e invejo os milhonários... Rezo com frequência, não tomo banho muito demorado pois quero que todos tomem banho também... Insisto quando quero saber algo, sou inteligente, carinhoso e sonhador... Odeio esperar... Não tenho medo de problemas, adoro encontrar soluções... Nunca acho, pois achar é a mãe de todos dos erros... Sempre há jeito para tudo... Este é o meu eu, muito prazer...
(731) artigos publicados
Membro desde abril de 2011
Publicado em 21 de August de 2017 em Poesias

SEJA VOCE

Publicado em 22 de June de 2017 em Poesias

ETERNA RECORDAÇÃO

Publicado em 28 de February de 2017 em Poesias

UM SÉCULO DE VIDA

Publicado em 07 de February de 2017 em Poesias

A LOUIS BRAILLE

Publicado em 07 de February de 2017 em Poesias

DESENGANO

Publicado em 31 de January de 2017 em Poesias

O TEMPO

Publicado em 31 de January de 2017 em Poesias

A AGUA

Publicado em 31 de January de 2017 em Poesias

BELO PRA MIM

Publicado em 31 de January de 2017 em Poesias

AMAR E SORRIR POR NADA

Publicado em 31 de January de 2017 em Poesias

DE MIM PARA VOCE

Publicado em 25 de January de 2017 em Poesias

CONFESSO QUE TE AMEI

Publicado em 25 de January de 2017 em Poesias

A VOCÊ AMIGO

Publicado em 25 de January de 2017 em Poesias

PENSAMENTO

Publicado em 25 de January de 2017 em Poesias

NÓ CEGO

Publicado em 25 de January de 2017 em Poesias

POLICHINELO

Publicado em 25 de January de 2017 em Poesias

VER

Publicado em 25 de January de 2017 em Poesias

HOJE

Publicado em 25 de January de 2017 em Poesias

VIAJO

Publicado em 16 de December de 2016 em Poesias

SOL DE AMOR

Publicado em 12 de May de 2015 em Poesias

O JARDIM

Publicado em 12 de May de 2015 em Poesias

SONHEI COM VOCE

Publicado em 01 de October de 2014 em Poesias

EU NÃO EXISTO SEM VOCE

Publicado em 05 de August de 2014 em Poesias

FINGIMENTO DA ALMA

Publicado em 22 de April de 2014 em Poesias

AS VEZES

Publicado em 06 de December de 2013 em Poesias

AMOR

Publicado em 09 de October de 2013 em Poesias

VINICIUS DE MORAES

Publicado em 30 de September de 2013 em Poesias

O AMOR NÃO TEM DE SENTIR

Publicado em 30 de September de 2013 em Poesias

AMIZADE

Publicado em 28 de May de 2013 em Poesias

SAUDADES

Publicado em 01 de February de 2013 em Poesias

TE AMAR