O que é a TPM (Tensão Pré-Menstrual)?

A tensão pré-menstrual (TPM) é um grupo de sintomas associados ao ciclo menstrual. Os sintomas da TPM ocorrem 1 a 2 semanas antes de seu período menstrual começar. Esses sintomas costumam desaparecer após o começo do sangramento. A TPM pode afetar as mulheres menstruadas de qualquer idade, sendo que o efeito é diferente para cada mulher.

Para algumas mulheres, a TPM é apenas um incômodo mensal. Para outras, pode ser tão grave que se torna difícil até mesmo passar o dia. Os sintomas da TPM desaparecem quando seus períodos menstruais cessam, por exemplo, quando você fica grávida ou passa para o período da menopausa.

O que provoca a TPM?

As causas da TPM não são claras, mas vários fatores podem estar implicados. As modificações dos hormônios durante o ciclo menstrual parecem ser uma causa importante. Essa alteração dos níveis hormonais pode afetar algumas mulheres mais do que outras. As modificações químicas no cérebro também podem ser uma implicação. O stress e os problemas emocionais, como depressão, não parecem causar TPM, mas podem fazê-la piorar. Algumas outras causas possíveis incluem:

  • Níveis baixos de vitaminas e minerais;
  • Comer muita comida salgada que pode causar a retenção de líquido;
  • Ingestão de bebida alcoólica e de bebidas que contenham cafeína, que podem alterar o seu humor e o seu estado de ânimo.

Quais são os sintomas da TPM?

Geralmente, a TPM inclui sintomas físicos e emocionais, como:

  •      Acne;
  •      Seios inchados ou sensíveis;
  •      Sensação de cansaço;
  •      Problemas de sono;
  •      Problemas de estômago, inchaço, constipação ou diarreia;
  •      Dor de cabeça ou dor lombar;
  •      Dor nas articulações ou nos músculos;
  •      Problemas de concentração ou de memória;
  •      Tensão, irritabilidade, oscilações de humor ou períodos de choro;
  •      Ansiedade ou depressão.

Esses sintomas variam de mulher para mulher.

Como posso saber, se tenho TPM?

Seu médico pode diagnosticar a TPM baseado nos sintomas que você apresenta como, por exemplo, quando eles ocorrem e o quanto eles afetam sua vida. Se você acha que tem TPM, mantenha sobre controle os sintomas e a gravidade deles durante alguns meses. Registre seus sintomas todo dia em um formulário.

Leve este formulário, quando você for se consultar com um especialista

Seu médico também vai querer se certificar de que você não apresenta uma das seguintes condições que compartilha sintomas com a TPM:

  •        Depressão;
  •        Ansiedade;
  •        Menopausa;
  •        Síndrome da fadiga crônica;
  •        Síndrome do intestino irritável;
  •        Problemas com o sistema endócrino (produtor de hormônios).

Até que ponto a TPM pode ser considerada normal?

Há uma ampla variação de estimativas de quantas mulheres sofrem de TPM. A Faculdade Americana de Obstetras e Ginecologistas estima que pelo menos 85 por cento das mulheres menstruadas tenham pelo menos 1 sintoma de TPM como parte do seu ciclo menstrual. A maioria delas tem sintomas regularmente brandos que não precisam de tratamento. As outras têm uma forma mais severa de TPM, chamada Transtorno Disfórico Pré-Menstrual (TDPM).

A TPM, geralmente, ocorre em mulheres que:

  •        Estão na faixa de idade entre 20 e 40 anos;
  •        Têm, pelo menos, um filho;
  •        Têm um histórico de depressão na família;
  •        Têm um histórico médico anterior de depressão pós-parto ou de distúrbio de humor.

Qual o tratamento para a TPM?

Muitas coisas têm sido experimentadas para aliviar os sintomas da TPM. Nenhum tratamento funciona para todas as mulheres. É necessário tentar diversos tipos, afim de se saber qual é o mais adequado. Algumas opções de tratamento, incluem:

  •         Mudanças de estilo de vida;

Se sua TPM não chega ao ponto de precisar consultar um médico, algumas mudanças no seu estilo de vida podem lhe ajudar a se sentir melhor. A seguir estão alguns passos que você pode dar, a fim de aliviar os sintomas.

1.   Exercite-se regularmente. Toda semana, você deve fazer:

a.   Atividades físicas de intensidade moderada, durante duas horas e trinta minutos;

b.   Uma hora e quinze minutos de atividade física aeróbica vigorosa; ou

c.   Uma combinação de atividade física com intensidade moderada e vigorosa; e

d.    Atividades de fortalecimento muscular durante dois dias ou mais

  •         Medicamentos;

Calmantes ou analgésicos que podem ser tomados sem receita médica ajudam a aliviar os sintomas físicos, como cólicas, enxaquecas, dores lombares e sensibilidade nos seios. Por exemplo, aspirina.

Nos casos mais graves da TPM as prescrições médicas podem ser usadas para aliviar os sintomas. Uma alternativa tem sido o uso de pílulas anticoncepcionais. As mulheres sobre o efeito da pílula estão sujeitas a uma quantidade menor dos sintomas relativos à TPM, como cólicas, enxaquecas, bem como, um período menstrual menos traumáticos.

Os pesquisadores continuam a procurar por novas maneiras de tratar a TPM.

O que é Transtorno Disfórico Pré-Menstrual (TDPM)?

Um produto químico do cérebro chamado serotonina pode desempenhar um papel no Transtorno Disfórico Premenstrual (TDPM), uma forma grave de TPM. Os principais sintomas, que podem ser incapacitantes, incluem:

Sentimento de tristeza ou de desespero, ou mesmo pensamento suicida;

Sentimentos de tensão ou ansiedade;

Ataques de pânico;

Oscilações de humor ou choro frequente;

Irritabilidade ou raiva persistente que afetam outras pessoas;

Falta de interesse pelas atividades e nos relacionamentos diários;

Dificuldades para pensar ou se concentrar;

Cansaço ou pouca energia;

Ânsia ou compulsão alimentar;

Problemas para dormir;

Sentir-se fora de controle;

Sintomas físicos, tais como inchaço, sensibilidade mamária, dores de cabeça, e dores articulares ou musculares

A manifestação de cinco ou mais desses sintomas é o que caracteriza o Transtorno Disfórico Pré-menstrual (TDPM). Esses sintomas ocorrem durante a semana antes do seu período menstrual e desaparecem após o início do sangramento.

Fazer algumas mudanças no estilo de vida pode ajudar a aliviar os sintomas do Transtorno Disfórico Pré-menstrual TDPM.

Procure orientação do seu médico!

https://www.womenshealth.gov/publications/our-publications/fact-sheet/premenstrual-syndrome.html#a

Tradução: Adelson Alves

Leia mais: http://www.butil.com.br/news/tpm/

Revisado por Editor do Webartigos.com