RELATO DA AULA DE MATEMÁTICA, BRINCANDO DE PIPA TAMBÉM SE APRENDE GEOMETRIA NA EJA.

Giseide Maria Ferreira dos Santos


Introdução

Este trabalho relata a aula de matemática sobre geometria, numa turma de EJA, na Escola Municipal Santa Teresa em Olinda-PE. Com o objetivo de incentivar os alunos da telessala do Telecurso 2000, do ensino fundamental de 5ª à 8ª série, olhar a pipa como um objeto de estudo das figuras geométricas dos polígonos no seu formato conhecendo a história da pipa e o poema do pintor Portinari.


Metodologia

1º Momento:A aula de matemática se desenvolveu da seguinte maneira:
1. Dinâmica com a utilização dos materiais concretos para confecção da pipa (linha,tesoura,papel,cola e outros).
2. Conversa informal sobre papagaio, brincadeiras com a pipa e como confeccionar uma pipa.
3. Texto sobre História da Pipa, seu uso cientifico e estudo em diversas áreas de conhecimento.
4. Confecção de uma ou várias pipas na aula de matemática
5. Leitura do poema de Portinari.
6. Socialização da aprendizagem com cartazes

Meninos soltando papagaios.

Todos os dia gosto de soltar papagaio
Mais os meus amigos gosto de brincar
E o papagaio gosto de soltar
Nas férias gosto de viajar

E o meu papagaio esqueço de levar
Mais quando chego la
Eu vou logo no mercado
Para comprar o meu papagaio
Para brincar com os meus amigos

Neste primeiro momento os alunos de EJA no total de 30 alunos com idade entre 18 à 45 anos desenvolveram suas habilidades de infância com lembranças lúdicas,explicando como empinava a pipa, papagaio e os truques para empinar corretamente.

2º Momento

Utilizando o livro didático de matemática trabalhando o conteúdo dos Polígonos no formato da pipa: ângulos, vértices, diagonais, eixos, polígonos e a arte final, decorando-a de várias maneiras inclusive com a arte do mosaico. A compreensão de sua geometria, medição e entendimento de como se comporta a pipa quando esta sendo empinada tais como: medição da linha, o tempo e clima ambiental, os perigos com o uso do cerol na área urbana e o melhor local para se brincar com o papagaio. No resultado a seguir apresentaremos questões respondidas pela turma sobre a aula.

Resultado

Compartilhando idéias entre eles sobre a pipa, aprenderam a utilizar o transferidor, e sentiram dificuldade para reconhecer as diagonais da pipa, fizeram uma avaliação registrando a aula nas seguintes questões:.

Questão 1: O que vocês acharam da aula de matemática?
Todos os alunos responderam que a aula foi proveitosa, boa e ótima estudar matemática com materiais concretos na confecção da pipa para conhecer geometria dos polígonos.

Questão 2: Vocês conheciam os polígonos na pipa?
Nesta questão os depoimentos dos alunos foram:
Eu só sabia de trapézio de Circo; Nunca percebemos as formas geométricas da pipa; Como uma brincadeira de criança pode se aprender geometria; História da pipa eu não entendi não, mas pipa foi feita para criança que nós estudamos hoje a geometria; Hoje eu aprendi que polígonos são figuras geométricas; Além da teoria nós podemos colocar em prática a nossa experiência na confecção da pipa em cima das figuras geométricas; Essa aula sobre a pipa foi uma arte muito importante; Eu via a pipa, mas não percebia suas formas geométricas; O trabalho foi bom, aprendemos muitas coisas sobre geometria; Observamos que as diagonais dividem o hexágono convexo em quatro triângulos.

Segundo as respostas selecionadas por ter várias repetidas observamos que eles sabem geometria pelos anos de estudo que tiveram: desconheciam a geometria da pipa ao confeccioná-la, sentiram dificuldade com transferidor, sabiam utilizar compasso.Para reelembrar a ludicidade do brinquedo e mostrar habilidade com papagaio marcando o dia para a culminância da disciplina com um torneio de pipa na escola.

Conclusão

Ensinar matemática com materiais concretos na confecção de pipa é um desafio para o ensino aprendizagem na EJA. Transformar um brinquedo em estudo das figuras geométricas não é fácil para uma clientela com motivação para aprender e desmotivação em compreender a matemática da escola e dos livros didáticos.Neste relato Brincando de Pipa também se aprende geometria na EJA, conclui que a utilização de materiais concretos na aula de matemática interage aluno, professor e conteúdo numa dinâmica vivenciada no ambiente escolar.

Bibliografia
Telecurso 2000, 1º grau, Matemática,Fundação Roberto Marinho.
www,pipa.ar.
www.portinari.org.br
Revisado por Editor do Webartigos.com