Roubar é transferir a prova para amanhã, pois a Justiça Divina não dorme.

 

 

Quem é ladrão?

 

       Lembra-te, SENHOR, do que nos tem sucedido; considera e olha para o nosso opróbrio.

Lametações de Jeremias, cap. 5:1.

 

Ladrão?

Não é quem rouba um pão

Para a sutentação

Da sua família

Que dia a dia

Sofre a dor da fome

Que sem nome

Afeta a matéria.

Ladrão?

É quem rouba enormes somas

Aumentando o número de pobres

E também de desempregados

Que são chamados

De pobres coitados

Pelos falsos afortunados,

Que trafegam num carro do ano,

Mas de Humanos

Não têm nada.

Ladrão é quem desfruta

De uma falsa grandeza

Porque tira da mesa

De quem precisa.

Esse sim é ladrão;

E o seu lugar é na prisão.


A Natureza

A todos sustenta

E sempre aumenta

A sua produção.

Revisado por Editor do Webartigos.com