A pergunta pode parecer despretensiosa, mas é essencial para que teus planos sejam concretizados. Afinal, o que você deseja para a tua vida? O que você quer conquistar? Com quem você quer estar pelos próximos anos, ou até pelo resto da vida? Sonhos, e os teus sonhos? Ficarão mais um tempo renegados a outro plano enquanto você vê sua saúde ir embora, enquanto você fica se definhando atrás de uma vida cômoda e sem riscos? A cruz foi pesada demais esse ano? Não reclame. Se você chegou até aqui, apenas mantenha a cabeça erguida e a espinha ereta. Deus não te livra das batalhas, mas ele batalha junto com você. E então, o que você fez ou como agiu? O “impossível” não aconteceu na tua vida? E a tua parte, você fez? A gente só tem direito de esperar pelo impossível depois que fez tudo que foi possível. Mesmo que você se ache distante demais de ser a pessoa que sempre desejou ser, as estradas difíceis certamente lhe tornaram uma caminhante melhor. Mais confiante em si, mais conhecedora dos teus vícios e virtudes. Reflita como as coisas aconteceram, mas especialmente como você se portou diante da vida e das pessoas que por ti passaram. Se você feriu alguém, mude e reflita, peça desculpa. Se esse ano foi pesado, aproveite este final de jornada para limpar a cabeça e purificar alma e coração. Sim, jogue fora as coisas excessivas que você foi acumulando e que nem notava mais que carregava por aí. Para a purificação de um ciclo acontecer é preciso ter consciência de que é preciso tocar no ponto certo do coração, como um fator determinante para mudar o rumo, mudar de perspectiva, fazer a alma se movimentar. Amor incondicional, consciência e muita luz. [...] A partir do teu brilho interior, ilumine novamente teus passos, vá deixando fagulhas de luz, vá exalando um perfume de vida, afinal, você pode precisar voltar pelo mesmo caminho. Tenha consciência de que toda ação mais cedo ou mais tarde irá gerar uma reação, portanto, reconheça isso como a oportunidade de amar incondicionalmente. Sim, porque não são poucas as vezes em que o universo conspira para que você acolha e se doe ao mundo, da mesma forma que espera isso das pessoas. Então, com todas as cartas postas na mesa, mais aquelas que só você pode ver, como vai conduzir a vida em 2017? Se o que você quer são coisas mais simples e generosas, mais amor e menos rancor, mais saúde e menos estresse, etc. Tudo se origina da tua luz, da tua consciência e do tanto que você dispõe do teu amor incondicional. Do perdão que nasce da tua consciência tranquila. Do tanto que permite ele “interagir” no coração alheio “sem misturar-se”, sem perder-se de quem cuida tanto dele: você.

Revisado por Editor do Webartigos.com