Os relacionamentos entre seres humanos, desde o início de sua existência, sempre foram marcados por conflitos, divergências de opiniões, valores e crenças. Que o digam quem tem sogra!
A história é sempre a mesma seja em que época for. Você se casa com o indivíduo, e tem que levar como herança a mãe dele. Diz um velho ditado "que sogra não é parente e sim castigo".

Uma amiga minha conhece bem este drama, desde que se casou há 10 anos, a sombra da sogra parece que mora na casa dela. Segundo ela que se chama esperança ( e tem que ter esperança mesmo), a mulher se mete em tudo, na educação dos netos, nas despesas da casa,e as vezes chega até a insinuar que o filho dela não esta sendo bem tratado.

Dias desses o barraco foi geral. As duas começaram a discutir. Só faltou se pegarem em plena feira livre (tudo bem que elas estavam na feira, mas não precisa chegar a tanto).
E isso só porque a sogra acha que economiza mais do que Esperança.
Diante do tumulto, quem passou vergonha foram as crianças. A única coisa que queriam era comer pastéis e tomar caldo de cana com a mãe e a avó.
Outra história de sogra acontece com uma vizinha. Quando a sogra vai fazer uma visita, pode se preparar que lá vem bomba.

Uma vizinha estava assistindo televisão com o marido e o filho. De repente chega à bendita, com a farda do filho nas mãos, lavada e passada e ainda teve a capacidade de dizer com orgulho que foi ela quem lavou.
Resumindo: chamou a norinha de inútil. Ela falou que espumou na hora de tanta raiva, mas para não criar atritos, resolveu ficar na sua. O ser humano é um ser inexplicável. Cada vez mais nos surpreendemos com suas atitudes e comportamento. "o mais importante disso tudo é procurar conviver bem com todos, respeitando o limite de cada um e manter a política da" boa vizinhança", ou melhor da sua cruz representada pela sua sogra...



Revisado por Editor do Webartigos.com