Perfil do criminoso


Sabemos que a violência tem como causa diferentes fatores; psicológicos, sociais, econômicos, políticos e culturais e os principais fatores da delinqüência entre os jovens são as drogas, a desestruturação familiar e o consumismo. A maioria tem como o perfil; jovem, solteiro, desempregado, branco, sexo masculino, residente na periferia, deixou de freqüentar a escola possuindo apenas o ensino fundamental. Mais de 50% deles são reincidentes, ou seja, já foram presos e retornaram a vida do crime. Estudos sobre a criminalidade apontam para dois tipos de criminosos; o eventual e o profissional.
Criminoso eventual:
- é mais impulsivo;
- tem entre 14 e 18 anos e costuma estar drogado;
- não tem planejada a ação;
- tem menos experiência;
- nervoso, treme, grita, xinga e ofende a vítima;
- não sabe bem o que quer;
- perverso, tem medo da vítima e do inesperado.

Criminoso profissional:
- sempre planeja sua iniciativa;
- tem mais de 18 anos;
- tem uma noção mais exata do que quer;
- está preparado para a hipótese do assalto se prolongar;
- demonstra autocontrole;
- é menos agressivo, mas pode tornar-se cruel se algo der errado.

O comportamento típico de um bandido é da seguinte forma; não quer ser exposto, sempre faz uma seleção da vítima escolhendo na maioria das vezes a distraída , desatenta, frágil e despreparada, com base no que ele deseja e procura.


Siderley Andrade de Lima, é Consultor de segurança pessoal.
Revisado por Editor do Webartigos.com