Conheça o significado espiritual que Jesus nos ensina sobre a expressão que os nossos olhos têm. “A candeia do corpo são os olhos; de sorte que, se os teus olhos forem bons, todo o teu corpo terá luz; Se, porém, os teus olhos forem maus, o teu corpo será tenebroso. Se, portanto, a luz que em ti há são trevas, quão grandes serão tais trevas!” Mateus 6:22-23 A luz que expressamos vem das expressões que fazemos com os nossos olhos. Eles expressam aquilo que sentimos sobre qualquer pessoa ou situação ao nosso redor e define também qual é a nossa situação espiritual: olhos bons, nos dão entendimento, já olhos críticos e ruins nos concedem confusão, falha, erro, em resumo, falta completa de compreensão das situações! “Para que comais e bebais à minha mesa no meu reino, e vos assenteis sobre tronos, julgando as doze tribos de Israel. Disse também o Senhor: Simão, Simão, eis que Satanás vos pediu para vos cirandar como trigo; Mas eu roguei por ti, para que a tua fé não desfaleça; e tu, quando te converteres, confirma teus irmãos. E ele lhe disse: Senhor, estou pronto a ir contigo até à prisão e à morte.“ Lucas 22:31-34 A compreensão e fidelidade ao Senhor abre os nossos olhos e nos concede proteção, pois quando estamos confusos a escuridão das trevas nos cegam e reinam sobre o nosso pensamento e Jesus nos protege revertendo este quadro trágico, pois Ele próprio roga por nós junto ao Pai. Satanás pediu para confundir Pedro, mas Jesus o livrou desta confusão! “No dia em que Deus há de julgar os segredos dos homens, por Jesus Cristo, segundo o meu evangelho.“ Romanos 2:16 Os homens podem desconhecer completamente aquilo que realmente pensamos ou sentimos, nossos segredos espirituais, mas Deus nos conhece a fundo e nos avaliará por completo, segundo tudo aquilo que nos ensina através do nosso contato com o Evangelho. Somos supridos de tudo quando obedecemos a Jesus! “O SENHOR é o meu pastor, nada me faltará.“ Salmo 23:1 Confie plenamente no suprimento que o Senhor lhe concede e não ande mais na linha tênue e extremamente perigosa entre exercer a vontade de Deus e de insistir em seguir somente conforme a permissão de Deus. Na primeira opção, nós servimos a Deus, já na segunda, nós tentamos empurrar a Deus aquilo que nós fazemos... “O ladrão não vem senão a roubar, a matar, e a destruir; eu vim para que tenham vida, e a tenham com abundância.“ João 10:10 Errou, arrependa-se e deixe de fazer aquilo que Deus não lhe orientou, conhecemos os relatos bíblicos de Saul e Uzias, isto fica bem claro, ambos tiveram final trágico, pois lhes faltou o arrependimento sincero perante Deus! Saul usou somente de artimanhas no seu reino, já Uzias exaltou o seu coração e desconsiderou a Deus! Eles estavam sendo rebeldes, cada um a seu modo, e não obedeciam mais às orientações de Deus e, o pior de tudo, não se arrependeram! Continue caminhando, mas como ovelha do Senhor, ou seja, não faça mais nada sem saber o que precisa desempenhar e mantenha-se fiel à Palavra de Deus quando ouve a voz do Criador. Não é pecado ter um bom emprego ou um negócios lucrativo, mas fique atento para saber se isto não é apenas uma permissão que Deus está lhe concedendo. Certifique-se de que este é o caminho que o Senhor quer e não aquele que você quer empurrar para Deus, como se fosse Ele quem tivesse direcionado à você! Mantenha uma renda muito além daquela que você esperava, seguindo os ensinamentos do Senhor. Ele ajuda você na área profissional e financeira e você mantem uma renda muito boa e que não te impede de você seguir o teu chamado para cumprir a vontade de Deus! Leve o povo a Cristo, ouvindo a voz de Deus, esta é a nossa prioridade, independentemente das nossas funções profissionais! Não precisamos necessariamente ser pregadores para executar a Obra de Deus! Em Nome de Jesus. Mônica Gazzarrini “Jesus Cristo é o Senhor”
Revisado por Editor do Webartigos.com