O que há de tão enigmático no teu olhar? O que há de tão cativante nestes olhos que demonstram doçura e atrevimento? Quem é esta mulher tão cheia de virtudes e com este olhar que mira a liberdade e conquista corações? É o olhar de uma mulher que quer viver com intensidade, mas que também “precisa” ser cuidada, acarinhada, acariciada do jeito certo, acolhida nos braços firmes e seguros de alguém que a admire, respeite, mas que faça dela a mulher mais feliz, na sociedade, mas também entre quatro paredes. Na alma e na cama. Ela tem um olhar livre das amarras passadas, mas que quer prender-se por vontade própria em uma paixão ardente arrebatadora, mesmo que dure o tempo necessário para saciar e deleitar suas mais íntimas fantasias. Ela é uma mulher que cheira à paixão. Exala vida, amor, amizade, tesão, sexo, companheirismo, etc. Ela possui um olhar único de quem viveu muito e lutou demais para chegar onde chegou. Mas ela precisa mais. Precisa viver mais, aproveitar mais, amar mais, ser amada muito mais e se deliciar nas coisas boas que a vida tem a oferecer para ela. É sem dúvida um olhar que pode apaixonar, e que “pede” pela conquista do coração. É em suma, um olhar de predileção sob si mesma. Um olhar que “diz muita coisa”, como as expressões sensuais do seu corpo. Sensual e sexual, sem vulgaridade. Um olhar que catalisa olhares e filtra sentimentos. Um olhar que arrasta outros tantos por onde passa. São nos olhos desta belíssima mulher que a vida recomeça. Que os sonhos nascem, que as noites aquecem, que as sensações se intensificam e que na intimidade à flor da pele tudo se acaba em um impacto extraordinário de amor e paixão pela vida.

Revisado por Editor do Webartigos.com