É uma etimologia que remete sua formação de base.

 Conceito original grego Eskhotokós.

A ideia extrema de finalidade.

Outra formulação associada o logos, em grego Logotokós.

Princípio de racionalidade.

Cujo significado estudo.

Desse modo, escatologia em ciência, particularmente teologia.

A doutrina que estuda a vida após a morte.

Com efeito, a finalidade da existência e a ressurreição.

O fim último da vida.

A questão teológica do apocalipse.

Entretanto, escatologia tem outra significação epistemológica.

Aplicado ao tempo e a história.

Portanto, a filosofia epistemológica que estuda.

Enquanto teoria a respeito do fim último do universo.

Em física.

Em política a finalidade da história, das civilizações.

Em um terceiro momento.

Especificamente em referência a contemporaneidade.

A etimologia escatologia muda radicalmente seu sentido hermenêutico.

Adquirindo importância significativa.

Do ponto de vista da filosofia, da historia política.

Sobretudo das análises utópicas.

Desse modo, qual seria o futuro das sociedades políticas.

Como o ideal socialista, as utopias marxistas.

Ou por outro lado, as promessas do neoliberalismo.

Quais as verdadeiras finalidades de tais propostas.

O estudo do fracasso das ideologias.

Sejam quais forem suas naturezas.

Em síntese como entender as interpretações diversas.

A respeito das finalidades últimas de qualquer objeto em análise.

Professor: Edjar Dias de Vasconcelos.

Revisado por Editor do Webartigos.com