Finalmente.

Um parto duro.

Quase morreu a mãe e o filho.

Entretanto, a pai teve que morrer.

Uma gravidez de alta periculosidade.

Porém, nasceu a criança.

Acabou o discurso de ter sido escolhido.

Não sabemos o período de sua existência.

 A sociedade está apreensiva.

Qual será o futuro do mundo.

Será que terá perspectiva.

Tudo o que sabemos é que a criança.

Nasceu.

Fato magnífico, pelo menos por esse instante.

Professor: Edjar Dias de Vasconcelos.

Revisado por Editor do Webartigos.com