Há batalhas na vida que sempre atormentam o coração. Há estradas no caminho que foram pavimentadas com muita dor. Mas nem isso foi capaz de fazer você parar. Se chegou até aqui, o amor basta para seguir. Mesmo nas perdas que você enfrentou para ser quem é, o olhar de predileção te alcançou e te modificou em uma pessoa melhor. Mais forte. Mais confiante. Mais corajosa. O amor clareou tua vida. Os teus passos foram iluminados por este “estilo próprio de ser”. Agora não há mais como dissociar você desta capacidade humana e peculiar que criaste: “de tocar a alma humana por um simples jeito de olhar”. É a tua verdade. A tua convicção é tão forte quanto as profundezas das pessoas nas quais tua forma de ser chega, toca e modifica. Nessa doce profundidade teu coração vai preenchendo naturalmente os espaços vazios deixados pelas escolhas que cada um vai fazendo na vida. E você, de forma acolhedora e carinhosa, vai acendendo as luzes dos cantos obscuros que as pessoas foram deixando por qualquer motivo, e que pertence a pessoalidade de cada uma delas. Mesmo com as pedras do caminho, a vida não deve nada a você. Ainda que algumas perdas sejam constantes e inexplicáveis, a vida continua não te devendo absolutamente nada. É a sabedoria em distinguir os momentos que faz você ter esta certeza. Por isso, aproveite as fagulhas de luz divina para se proteger, para clarear tua mente, abençoando teu coração e as boas intenções que dele provém teus desejos e sonhos de felicidade.

Revisado por Editor do Webartigos.com