HISTÓRIA DA POLÍCIA CIVIL DO ESTADO DE SANTA CATARINA: Delegados de Lages se Lamuriam

A imprensa de hoje dá destaque à votação do projeto de lei na Câmara Municipal de Lages que trata sobre a "doação" espontânea do povo para ajudar mensalmente a Polícia Militar daquela cidade/região.

Para tanto, as pessoas ao receberem suas contas d'água serão concitadas a pagar um valor superior ao cobrado, cujos percentuais serão repassados ao Comando do Batalhão/PM/Lages.

Nada a opor contra esse projeto, muito pelo contrário, nossa PM precisa e merecesse esse recursos.

Mas o fato que chama atenção é o silêncio especialmente dos Delegados Lageanos (e de todos os policiais civis) quanto a esse projeto exclusivista, porque se fosse o contrário, isto é, se tratasse de doações para a Polícia Civil, certamente que as lideranças da PM/Lages rapidamente apresentariam uma "emenda" solicitando a sua partição (proporcional ou não) nesses recursos com inúmeros argumentos.

Aliás, em nível estadual, sempre experimentamos essa sensação, explico: projetos de interesse da Polícia Civil acabam sendo copiados/estendidos à Polícia Militar, entretanto, a recíproca não é verdadeira, pois nossas lideranças se apresentam em estado morfético ou se portam como verdadeiros "autistas" do silêncio.

O caso de Lages é emblemático e se esse projeto for aprovado, a PM ganha recursos, ,enquanto que a PC fica mais uma vez à míngua, enquanto os Delegados dormem (ou melhor, eufemisticamente falando, talvez se lamuriam de não terem aproveitado o momento/oportunidade)?  

Em resposta:

Em 10/11/16 15:15, L. R (Delegada Regional de Lages) <...> escreveu:
Prezado Dr. Felipe,

Informo a Vossa Excelência que quando tomei conhecimento do projeto, fiz contato pessoalmente com o Presidente da Câmara deste município e o mesmo se comprometeu a apresentar emenda favorecendo também a Polícia Civil.

Respeitosamente,

Dra. L R.,

Agradeço a gentileza e as informações prestadas, ciente da sua proatividade e competência singular à frente dessa DRP e, em especial, considerando assunto de tamanha importância e que interessa a todos nós. 

Att. 
null

L. R.
DRP
8ª DRP - Lages/SC

Revisado por Editor do Webartigos.com