AS ROSAS E OS ESPINHOS

  A Alma protege sempre o fruto de si mesma.

 

No coração materno

O sentimento terno

Sempre se estabelece

Porque não compete

Com os outros sentimentos.

 

 "Razão é a rosa na cruz do sofrimento presente".

 Georg Wilhelm Friedrich Hegel – Filósofo Alemão (1770-1831)

 

Ama

E nunca reclama

O que doa,

Mas simplesmente

Tudo aperfeiçoa.

 

Assim é este amor sem fim

Que vive enfim

Em cada criatura,

Que um dia se transfigura

Numa figura

Que é somente luz.

 

 “Sem Jesus uma flor tem mil espinhos com Jesus um espinho tem mil flores”.

 Bezerra de Menezes – Médico, Empresário, Político e Editor Brasileiro (1831-1900)

 

Como um Anjo

Sob o Comando

Do CRISTO DE DEUS

Ela não mais errará

Porque também será

Um astro

Brilhando no Espaço.

Revisado por Editor do Webartigos.com