RESUMO

Com a ampla diversificação de produtos e, a facilidade de acesso a produtos importados, o ramo do comércio varejista vem crescendo a cada dia, aumentando assim a sua parcela de participação e de influência na economia do país. No entanto, as empresas do ramo varejista têm tido dificuldades de se manterem atuantes de forma organizada e coordenada dentro do seu mercado de atuação, onde muito disso se deve a má gestão de seus recursos financeiros. Com o objetivo principal, Identificar como os métodos de gestão financeira podem influenciar de modo positivo no gerenciamento e desenvolvimento das empresas, o presente estudo utilizou uma pesquisa bibliográfica para o levantamento teórico, em seguida de uma pesquisa qualitativa, onde foram pesquisadas 40 empresas do ramo para o levantamento dos dados. O estudo mostrou que, os gestores das empresas possuem conhecimento de que, tais ferramentas podem melhorar o controle de suas atividades empresarias, porém o desconhecimento das funcionalidades dos métodos de gestão financeira e a não aplicação de tais métodos, fazem com que os gestores encontrem dificuldades no gerenciamento e controle de suas instituições.

1. INTRODUÇÃO

Atualmente, com a crescente expansão do comercio varejista no cenário nacional, as empresas do ramo vem passando por uma série de desafios como a alta concorrência, escassez de mão de obra e disputa por clientes; isso faz com que os gestores tenham uma visão mais ampla, e busquem sempre cada vez mais a excelência no gerenciamento de suas atividades, tendo em vista o desenvolvimento e o destaque de suas empresas no cenário local.

Deste modo, percebe-se cada vez mais a necessidade por parte das empresas de investirem em estratégias diferenciadas de gerenciamento de suas atividades, para que assim consigam se manter atuante no mercado. Tendo em vista estas necessidades, observou-se que o gerenciamento dos recursos financeiros se forem aplicados de modo conciso e eficaz, pode-se proporcionar uma ampla melhoria das atividades administrativas da empresa.

A utilização dos métodos de gestão financeira de modo adequado aplica-se na utilização dos custos para desenvolvimento de estratégias que visam a geração vantagens competitivas (HANSEN e MOWEN, 2001). Ou seja, a boa utilização dos métodos de gestão financeira, podem se tornar uma ferramenta de fundamental importância para o bom gerenciamento das atividades administrativas e, consequentemente, para o desenvolvimento e crescimento das empresas.

Deste modo o gerenciamento das atividades financeira de uma empresa, tornara-se um amplo desafio para o gestor da área, pois o mesmo pode ser de grande importância no que se diz respeito, a tomada de decisão em relação a utilização dos recursos financeiros de modo eficiente e no auxilio das demais atividades rotineiras da empresa. É fundamental que o administrador financeiro saiba gerir, coordenar e direcionar de modo conciso e eficiente, todo o patrimônio ativo que a empresa possuí em função da própria empresa (ZDANOWICZ, 1992). O gestor financeiro deve ser capaz de lidar com os eventuais desafios que podem surgir no decorrer da realização das atividades. Assim o administrador financeiro deve estar sempre a postos, revendo seus próprios planos, afim de contornar todo e qualquer eventual problema que possa perturbar a realização de suas atividades (ZDANOWICZ, 1992). Portanto, quanto mais próximo as atividades de fim financeiro estejam das demais atividades administrativas da empresa, mais fluido e eficaz se tornará o crescimento e desenvolvimento das empresas, seja ela de grande, médio ou pequeno porte.

Tendo em vista que as empresas do comércio varejista da cidade de Santa Quitéria possuem pouco conhecimento em relação a aplicação e utilização dos métodos de gestão
financeira, nos deparamos com o seguinte problema; qual a importância da gestão financeira para o gerenciamento e desenvolvimento das empresas do comércio varejista?

Deste modo, visando demonstrar como os métodos de gestão financeira podem ser importantes para as empresas do comércio varejista, estipulou-se como objetivo geral do estudo, Identificar como os métodos de gestão financeira podem influenciar de modo positivo no gerenciamento e desenvolvimento das empresas.
Sendo assim, este artigo terá o intuito de mostrar, como os métodos de gestão financeira podem vir a se tornar ferramentas de essencial importância para o bom funcionamento das atividades empresarias, visando o desenvolvimento das empresas por meio da excelência no gerenciamento dos recursos financeiros.

Para isso, na sequência aprofundaremos um pouco mais a gestão financeira em sua essência, visando demonstrar como essas ferramenta pode ser de fundamental utilidade para as empresas se aplicada de modo conciso e eficiente. Logo em seguida, abordaremos um pouco sobre a gestão estratégica e seus princípios, para entender o que uma empresa deve fazer de fato para se diferenciar das demais empresas do ramo, e por fim finalizarmos com a abordagem de como a gestão financeira pode se tornar uma ferramenta estratégica se esta for aplicado de modo adequado. 

2. GESTÃO FINANCEIRA

A gestão financeira tem como foco principal a distribuição dos recursos, e a geração de informações para todos os departamentos existentes dentro de uma empresa. Pode ser considerada como a base de toda e qualquer tomada de decisão por parte dos gestores das organizações. Panegalli (2010, p. 3) afirma que “Todos os esforços empreendidos dentro da função financeira, são no sentido de formular um esquema que resulte na maximização dos retornos do capital investido, bem como a manutenção da maior liquidez possível.” Deste modo, pode-se afirmar que, o objetivo da gestão financeira é aprimorar e efetivar os resultados obtidos ao longo da realização das atividades e perspectivas decrescimento das organizações, seja ela de grande, médio ou pequeno porte.

A gestão financeira é uma ferramenta que visa planejar, controlar e analisar os procedimentos administrativos que envolvem a aplicação dos recursos financeiros da empresa (ROSA, 2014). Portanto, toda e qualquer tomada de decisão por parte dos gestores dos demaissetores da organização devem considerar os dados e as informações fornecidas pelo setor de gerenciamento financeiro, pois este é o principal responsável pelo direcionamento da aplicação dos recursos da empresa.

A Gestão Financeira tem como atribuição o controle de todas as atividades de fins econômicos que envolvem a empresa, visando sempre proporcionar a integridade por meio da utilização de recursos que de fato viáveis para o estado atual da empresa, ou seja, toda e qualquer investimento a ser realizado pelas instituições, devem de fato atender suas perspectivas e necessidade, buscando nunca exceder as reais condições econômico-financeiras da empresa. Panegalli (2010, p. 3) destaca que “A Administração Financeira está em todos os aspectos que envolvem as atividades econômico-financeiras da empresa, devendo garantir da integração e integridade dos fundos operados [...].” A empresa que possui um bom controle de suas atividades financeiras, tem plenas condições de manter-se operante no mercado atual.

No cenário econômico atual onde vivenciamos cada vez mais dificuldades e variações no que se diz respeito as principais moedas circulantes no mundo, a excelência na realização do gerenciamento das atividades financeiras de uma empresa, pode vir a tornar-se um fundamental recurso para a sobrevivência e crescimentos das organizações mesmo em condições bastante hostis. Para isso faz-se necessário que a gestão financeira seja aplicada de modo coerente e conciso, tendo em vista o não desperdício dos recursos disponíveis, buscando sempre a ideia de realizar mais com menos.

Segundo Lizot (2004) deve existir um relacionamento direto entre o administrador financeiro com os demais setores da empresa, para que assim haja um amplo controle das entradas e saídas, visando a otimização na programação dos custos. O gestor que conhece os reais números de sua empresa, possui uma visão mais ampla do todo de sua instituição, o que lhe permite uma melhor tomada de decisão na aplicação das estratégias para gerenciamento de suas empresa.

O gerenciamento das atividades financeiras somente será considerada eficiente a partir do momento que, todos os demais setores da empresa tomem consciência que os recursos disponíveis devem ser aplicados de modo adequado, evitando assim gastos desnecessários com atividades que não influenciaram com o crescimento de sua empresa. Assim a gestão financeira deve ser uma atividades bem analisada e aplicada, para que deste modo o gerenciamento e o planejamento estratégico estipulado pela empresa venha a fluir de modo adequado com cenário real da empresa.

[...]


Revisado por Editor do Webartigos.com