Os hebreus um conjunto de tribos nômades que viviam na região da cidade de Ur, sendo que a vida política dessas tribos passou por três estágios: Patriarcas, juízes e reis.

O período de governo dos patriarcas, as tribos hebreias estavam na Mesopotâmia, à fase nômade, organizadas em comunidades tribais, viviam da criação de gado.

Nesse período os bens produzidos pertenciam a uma organização comunal tribal, não existia  riqueza individual.   O comando político em mãos dos patriarcas.

No ano dois mil antes de Cristo, por motivo de conflitos com outras tribos, não aceitando a integração, as tribos semitas no reino da Mesopotâmia fugiram criando a ideologia de encontrar a terra prometida. Nesse período quem comandava o povo hebreu era um patriarca.

Com efeito, ano dois mil antes de Cristo, as tribos hebreias sobre o comando de Abraão, o primeiro patriarca, desertaram, estabelecendo  na palestina, como terra prometida.

Após trezentos anos na Palestina, região muito pobre e seca, diante da fome e da miséria  emigraram  para o Egito, a procura do Nilo, sendo escravizados pelo Faraó, vivendo mais de 400 anos como escravos.   

No ano 1250 antes de Cristo, as tribos  hebraicas lideradas por Moises,  fogem do Egito em direção a Palestina. Portanto, fato considerado com êxodo.

Durante a travessia do deserto, no monte Sinai, Moises recebeu do deus Iavé os dez mandamentos. Posteriormente, entendido com a etimologia Javé, já no dialeto arameu, o deus dos judeus.

Nesse período foi realizado a aliança das tribos, com base na existência de um deus único,  povo judeu escolhido  como divino.

Ao chegar à Palestina, os Judeus encontraram a região habitada por diversas tribos, entre elas: Cananeus e Filisteus, guerra travada durante duzentos anos, período político em que o poder administrativo estava em mãos dos Juízes.

Foi exatamente nessa época em que os judeus começaram criar socialmente o princípio da propriedade privada, desestruturando os fundamentos comunais.

Por outro lado, devido à falta de perspectiva econômica, parte do povo judeu teve que mudar para outras regiões. Com efeito, tendo o comércio como forma de sobrevivência.  

Terceiro período da organização política, a luta constante entre diversos povos que habitavam na palestina, tiveram que criar a monarquia como forma de poder para existir politicamente.

Primeiro rei ano 1010 antes de Cristo, Saul. Segundo rei Davi 1006-966, que liderou a guerra contra os Filisteus, ao vencê-los foi coroado em nome de deus.

Ao conquistar a Palestina, foi fundado o reino tendo como capital Jerusalém, capital política e religiosa, terceiro rei Salomão, filho de Davi.

 Impostos pesados e conflitos internos levaram a divisão de dois reinos:  reino de Israel capital Samaria, norte, ao sul Judá capital Jerusalém.

Em 722 antes de Cristo, reino de Israel conquistado pelos Assírios. Em 587 Judá pelos neobabilônicos. Jerusalém destruída, o povo levado como escravo para Babilônia.

 Em 538 os persas conquistam a Babilônia com a colaboração dos hebreus, permitindo que os mesmos voltassem a Jerusalém, quando é reconstruído o templo.

A partir dessa data, a Palestinas perde sua autonomia, sucessivamente dominada por outros povos, entre eles, persas, macedônios e romanos.

Foi exatamente no período de domínio do império romano, que nasceu Jesus Cristo, entendido como um libertador político, sendo posteriormente transformado em deus pelo império romano, quando entre os judeus, considerado um profeta de pequena tradição.

Os romanos no ano 70 depois de cristo destruíram o segundo templo de Jerusalém, o massacre fora tamanho que os hebreus resolveram dispersar pelo mundo, habitando em diversas regiões da Europa, não constituindo mais como nação.

Sendo que os hebreus preservaram-se por meio de suas tradições fazendo uso da religião e do idioma, com objetivo sempre de voltar e reconquistar a região, fato que se efetivou apenas em 1948, quando foi fundado o Estado de Israel com ajuda americana.

Sendo que tal procedimento só foi possível com a expulsão dos palestinos da região,  remanescentes das tribos antigas. Nesse momento, lutam para formação do seu próprio Estado político.  

Professor: Edjar Dias de Vasconcelos.

Revisado por Editor do Webartigos.com